5 tendências tecnológicas que chegarão com tudo em 2019
Dezembro 27, 2018 Matérias

5 tendências tecnológicas que chegarão com tudo em 2019

As novas tecnologias estão na mira dos executivos responsáveis pelo desenvolvimento econômico de grandes empresas brasileiras. Fique por dentro das tendências e saiba como elas podem transformar o seu negócio também.

Estar consciente das necessidades de acompanhar as evoluções tecnológicas e de adotá-las é um dos pontos chave para superar os desafios da eficiência e competitividade no mercado. Por isso, ficar de olho nas tendências – e saber como usá-las – nunca foi tão importante para as organizações.

No final deste ano, a Thomson Reuters lançou uma pesquisa em parceria com a Live University sobre os investimentos em tecnologia das empresas atuantes no Brasil e trouxe resultados interessantes sobre com essas empresas estão se preparando para o futuro.

Conheça agora as principais inovações que chegarão com tudo em 2019 e que também podem ser seus grandes aliados.

1 – Internet das Coisas

A IoT (Internet of Things) consiste em conectar à internet objetos comuns usados pelas pessoas, proporcionando mais conforto, praticidade, produtividade, informação e conectividade para os usuários.

Com ela, é possível desenvolver e integrar sistemas que facilitem operações internas, gerem melhores resultados e que modifiquem a forma como os clientes usam a sua marca. E isso não vale apenas para empresas de segmento tecnológico, viu?

Por exemplo, uma distribuidora de flores pode desenvolver um sistema inteligente que monitore as condições exatas de armazenamento em seus veículos, otimizando a qualidade dos produtos entregues ao cliente final e reduzindo perdas.

2 – Blockchain

O Blockchain é uma tecnologia que possibilita a verificação de transações financeiras no ambiente digital, impedindo que dados possam ser adulterados ou copiados. Ele funciona com blocos encadeados de informações, que carregam uma impressão digital única a cada operação. Quando um novo processo é feito, o novo bloco gerado carrega todas as impressões digitais anteriores. Além da segurança, o blockchain também permite que as transações sejam feitas de forma muito mais rápida.

Fazendo uso do blockchain, empresas podem desenvolver sistemas de pagamentos mais eficientes e rápidos (inclusive em transações internacionais), com programas de recompensas, fidelidade, cartões de presentes e outras funcionalidades.

3 – Data Science

Data Science é uma combinação de conhecimentos (matemática, estatística, big data, machine learning, etc) que visa a extração de dados e obtenção de insights a partir dos mesmos. Mais do que análise de dados, ela atua na resolução de problemas.

Com o volume de informações digitais geradas todos os dias pelas empresas, não implementar o Data Science significa perder a oportunidade de ter grandes insights que fariam muita diferença em suas operações.

4 – Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial possibilita que sistemas simulem a inteligência humana, onde a máquina aprende com experiências, reconhece padrões de dados e pode tomar decisões sozinha. Muito se fala que a Inteligência Artificial vai substituir o trabalho humano nas empresas, mas não é bem assim.

As máquinas desempenharão, em sua maioria, funções laboriosas ou que seriam muito demoradas para os humanos, assim nos permitindo ter mais tempo para nos dedicar a trabalhos mais estratégicos.

Um exemplo são os chatbots (olha outra tendência), que são ligados à database da empresa e conseguem conversar com os clientes, de forma pessoal. Eles podem funcionar como um filtro para os atendentes, resolvendo as solicitações mais simples que chegam aos canais de empresa e encaminhando o que precisar de uma maior intervenção.

5 – Machine Learning

O Machine Learning (também associado à Inteligência Artificial) usa algoritmos para coletar informações e aprender com elas, podendo criar um modelo analítico autônomo. Sabe o controle de spam da sua caixa e-mail? Puro machine learning. A máquina aprende o que é lixo eletrônico e evita que ele chegue até você.

Ao aplicar o machine learning, sua empresa pode analisar o comportamento dos clientes e direcionar melhor seus serviços ao público, aumentando as vendas e a satisfação do consumidor.

Por exemplo, uma indústria alimentícia desenvolve um modelo analítico para verificar quais os produtos mais vendidos, o perfil do público que o consome, quais as principais reclamações e sugestões dos consumidores. Tudo isso serve de base para estudos sobre branding, marketing, vendas e desenvolvimento de novos produtos.

Como se preparar para o futuro

Independente do ramo do seu negócio, estar a par do que existe de novidade no mundo tecnológico pode trazer resultados muito positivos. Mas antes de implementá-las é importante saber se a sua empresa tem os meios necessários para tal.

Toda tecnologia mais avançada exige um maior dispêndio de equipamentos e, quando ela demanda uma utilização tão substancial de dados críticos, a exigência é ainda maior. Isso porque, além de armazenar essas informações, o servidor precisa oferecer disponibilidade e segurança bem desenvolvidas.

Por isso, muitas das empresas que já implementaram essas tecnologias trabalham com infraestruturas de data center próprias. E outras ainda adotaram o sistema de Cloud Computing, modelo de computação que possibilita o armazenamento de uma infinidade de informações sem a necessidade de investir em um espaço físico próprio, pois o data center é terceirizado.

Esperamos que a essa lista sirva para inspirar suas pesquisas e planejamento estratégico para o próximo ano. Se você deseja conhecer um pouco mais sobre a gestão inteligente de dados, leia também este artigo em nosso blog.

Deixe um comentário